Ir para o conteúdo

Fraturas

 

Você sabia que existem diversos tipos de fraturas que podem ocorrer nos nossos ossos? Apesar de serem estruturas muito resistentes, os ossos podem sofrer quebraduras devido a quedas, acidentes e fortes impactos.

 

Em algumas situações, como é o caso de pessoas idosas, mulheres na menopausa e pessoas com distúrbios (tumores ósseos, osteoporose e infecções) que possuem a estrutura óssea mais frágil, as fraturas podem ocorrer até mesmo durante atividades rotineiras.

 

A seguir, conheça quais são os principais tipos de fraturas e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

 

Fraturas: o que são?

A fratura é caracterizada pela perda de continuidade do osso, na qual ocorre uma quebra, gerando um ou mais pedaços.

 

Quais são os tipos de fratura?

A depender da origem da fratura, elas podem ser classificadas e tratadas de forma diferentes. Elas são divididas em dois grupos: traumáticas e patológicas.

 

A fratura traumática acontece quando há uma aplicação de força excessiva no osso, característica de acidentes, quedas e/ou movimentos repetitivos que acabam lesionando os ossos gradativamente (como é o caso das lesões esportivas).

 

Já a patológica é uma fratura ocasionada devido a uma doença ou condição que deixe os ossos mais fragilizados. Nesse caso, a fratura ocorre inesperadamente ou com impactos leves.

 

Além disso, as fraturas podem ser classificadas de acordo com a lesão:

 

  • Simples – quando o osso é quebrado e a lesão permanece fechada, sem o rompimento da pele.
  • Exposta – quando a fratura provoca a perfuração da pele e o osso torna-se visível. Esse tipo de lesão acaba sendo mais suscetível a infecções e possui uma recuperação mais lenta.
  • Complicada – quando a fratura afeta outras estruturas do corpo, como os músculos, nervos ou vasos sanguíneos. A recuperação desse tipo de lesão, como o nome sugere, costuma ser mais lenta e complicada.
  • Incompleta – quando há sintomas, mas não ocorre a quebra completa do osso. A recuperação, nesse caso, costuma ser bem mais rápida.

 

Quais são os sintomas?

Os sintomas de fratura não costumam passar despercebidos e são muito característicos. Os principais são:

 

  • Inchaço no local;
  • Dor intensa;
  • Incapacidade total ou parcial de mexer o membro fraturado;
  • Presença de hematomas, ferimentos ou deformidade na região;
  • Diferença de temperatura no local;
  • Formigamento, dormência e estalos.

 

Em caso de qualquer fratura, não tente de forma alguma colocar o osso ou o membro no lugar, pois isso pode causar danos maiores e até irreversíveis, além de ocasionar muita dor. Ao invés de tentar resolver por conta própria, procure ajuda médica imediatamente.

 

Como é feito o diagnóstico?

Geralmente, o diagnóstico é feito através de exames de imagem, como raio-X, ressonância magnética, tomografia, seguidos de um exame físico, bem como outros exames laboratoriais.

 

Tratamento

O tratamento de fraturas possui o intuito de reposicionar o osso, e pode ser feito de forma manual ou através de outros procedimentos como: fisioterapia, cirurgias e/ou imobilização. Somente uma avaliação médica poderá definir qual é o melhor tratamento para o seu caso.

 

Está precisando de produtos ortopédicos? Entre em contato com a Ortoprime e conheça os nossos produtos!

Role para cima