Ir para o conteúdo

Cuidado com a dor no joelho - Click Guarulhos

Dores no joelho é um sintoma bem comum, originada de várias causas, como, por exemplo, entorse, desgaste ou lesão, podendo ter vários níveis de dor. Mas se o incômodo não passar dentro de três dias é aconselhável consultar um médico.

O diagnóstico normalmente é rápido, mas em alguns casos, como quando a dor é proveniente de uma atividade física mais intensa, o tratamento tende a ser mais complexo, com fisioterapia, e, em alguns casos, até cirurgia.

Entretanto, se suas dores são mais leves ou se é necessário esperar um pouco até a consulta médica, aqui vão cinco dicas para aliviar as dores no joelho, que você pode aplicar em casa mesmo. Confira.

1.  Compressa com gelo

A primeira dica é fácil de fazer e tem sua veracidade comprovada: coloque gelo. O gelo colocado no joelho vai diminuir o fluxo sanguíneo, ajudando a desinchar o local. Apenas tenha cuidado para não queimar a sua pele. Para isso, utilize uma toalha para aliviar o atrito entre o gelo e o seu joelho.

A bolsa de gelo tem rápida eficácia. Em cerca de 5 minutos o joelho vai estar desinchado e é possível sentir o alívio da dor. Se a dor for constante, você pode fazer a compressa entre 2 e 3 vezes ao dia.

2.  Bolsa de água quente

Enquanto a compressa com gelo é mais utilizada em lesões nas articulações internas, a bolsa de água quente é recomendada quando a dor for muscular, proveniente de uma lesão jogando futebol, por exemplo, ou em caso de dores que aparecem com o tempo e com a idade. A compressa com água quente aumenta o fluxo sanguíneo no joelho, melhorando a mobilidade e promovendo o relaxamento da musculatura.

3.  Fazer uma massagem

Quando sentir os primeiros indícios de dor, faça massagens no joelho para soltar sua musculatura. A dica é massagear o osso redondo do joelho, durante aproximadamente 5 minutos, apoiando o pé no chão ou em algum móvel, como uma cadeira, por exemplo.

4.  Fazer alongamentos

Às vezes as dores no joelho não vêm de uma pancada ou lesão específica, mas de pouca movimentação com o membro. No dia a dia é comum nos encontrarmos em situações que sejam limitantes. Trabalhar sentado, longos períodos em voos ou parado no trânsito, e isso pode causar essas dores.

Por isso, assim que tiver oportunidade ou até mesmo antes de se colocar nessa situação, faça um alongamento. É bem simples: dobre a perna para trás, sem forçar muito, usando um móvel de apoio para não cair.

5.  Vá ao médico

Se nenhuma das dicas anteriores foi suficiente para aliviar as dores no seu joelho, é aconselhável procurar um médico o quanto antes. Esse especialista irá fazer exames específicos, tais como raio X ou ressonância magnética, verificando a intensidade da lesão, e até se houve uma fratura de maior gravidade.

O tratamento irá variar de acordo ao diagnóstico dado pelo médico. Em casos leve são receitados anti-inflamatórios e analgésicos. Em caso de lesão severa, é melhor um acompanhamento com fisioterapeuta ou cirurgia.

 

 

 

 

 

Role para cima