Ir para o conteúdo

artroscopia-do-joelho-o-que-e-recuperacao-e-riscos

 

O joelho é uma das articulações do corpo humano mais suscetível a lesões, devido ao grande impacto que recebe no dia a dia. A Artroscopia no joelho é um procedimento cirúrgico considerado simples e pouco invasivo, que tem como objetivo diagnosticar a causa da dor no joelho, ou se suas articulações estão funcionando de maneira correta.

A Artroscopia também pode ser utilizada para realizar reparos em um joelho que já foi diagnosticado com problemas no menisco, cartilagem ou nos ligamentos cruzados. O procedimento é considerado de baixa agressividade e consiste em uma cirurgia na qual o médico especializado em ortopedia utiliza um tubo fino, com uma câmera na ponta, para observar as estruturas no interior do membro.

Algumas das vantagens de utilizar a Artroscopia no joelho ao invés de outro procedimento cirúrgico incluem: menos danos aos tecidos, menos cortes e menos pontos, cicatrização rápida em relação a outras cirurgias mais invasivas, reduz o risco de infecções e outras complicações cirúrgicas, causa menos dor após a cirurgia.

No entanto, apesar de ser um procedimento considerado simples, a recuperação exige alguns cuidados.

Recuperação

A Artroscopia permite que o paciente receba alta no mesmo dia do procedimento, podendo fazer a recuperação em casa. Mas alguns cuidados devem ser observados, para que a recuperação total seja garantida, e a Artroscopia seja bem sucedida.

Se manter em repouso, sem aplicar peso nas pernas nos primeiros dias após o procedimento, ficar com a perna elevada para diminuição do inchaço, aplicar compressa gelada na região da cirurgia, tomar os medicamentos receitados pelo médico de maneira correta e usar muletas são ações que serão indicadas pelo médico e garantem os bons resultados da Artroscopia.

Além disso, em alguns casos, o ortopedista deve recomendar sessões de fisioterapia para auxiliar na recuperação total das estruturas do joelho.

Riscos

Como qualquer cirurgia, mesmo que pequena, a Artroscopia também contém riscos, que serão observados por médico e pacientes antes da realização do procedimento. A seguir veremos alguns desses riscos: em alguns casos pode ocorrer hemorragia durante a cirurgia, o paciente pode ter uma reação alérgica com a anestesia, pode ocorrer infecção no local da incisão e surgimento de lesões em estruturas do joelho.

Para diminuir as chances de algum problema durante a Artroscopia, é importante escolher um médico especializado, que irá fazer todas as consultas e exames que antecedem a cirurgia, verificando o histórico do paciente para determinar se a Artroscopia é a melhor solução para aquele caso e quais medicamentos serão utilizados no procedimento e na recuperação do paciente.

A Artroscopia é um procedimento de pouco impacto, que permite que o ortopedista consiga visualizar possíveis problemas no joelho de maneira menos invasiva. É uma ótima opção e tem menos riscos que cirurgias mais agressivas.

Além disso, ainda que a Artroscopia possa causar alguma complicação, todas elas são tratáveis e dificilmente serão fatais. Mesmo assim é indicado procurar um médico especialista na área para determinar se esse procedimento é o mais indicado, e assim fazer todos os exames necessários antes do procedimento. Entre em contato com a gente e saiba mais.

Role para cima