Ir para o conteúdo

Artroplastia do Quadril (próteses) | Dor no Quadril

 

Artroplastia de quadril seja a solução para o seu caso se você possui fortes dores no quadril e dificuldade para realizar pequenas movimentações.

Essa cirurgia ortopédica é indicada nos casos em que seja necessária a substituição da articulação do quadril. Em seu lugar é colocado uma prótese de cerâmica, metal ou polietileno.

Para entender melhor quais são as indicações, tipos e cuidados na realização da artroplastia de quadril, continue lendo o artigo. Explicamos mais a seguir.

Quando a artroplastia de quadril é indicada?

A artroplastia de quadril é indicada quando há desgaste na articulação ocasionada pela artrose, artrite reumatoide ou espondilite anquilosante. No geral, a cirurgia é indicada para idosos que apresentem essas condições. Entretanto, jovens também podem realizá-la em alguns casos, desde que haja o fraturamento do colo do fêmur.

Além disso, esta cirurgia no quadril é indicada nos casos em que há queixa de dores persistentes e intensas na região, incapacidade de locomoção e desgaste articular.

Quais são os tipos existentes?

Atualmente, existem alguns tipos de artroplastia de quadril, a depender do caso médico. São elas:

Artroplastia Parcial de Quadril

A artroplastia parcial é quando apenas o implante femoral é posto, mantendo o rolamento com a cartilagem acetabular do paciente.

Artroplastia Total

Já a artroplastia total de quadril é dividida em 3 formas. Veja quais são:

1. Cimentada

Quando o paciente possui uma qualidade óssea muito inferior. Nesses casos, a técnica de artroplastia total do quadril cimentada é a indicada. A técnica consiste em cimentar os componentes acetabular e femoral.

2. Não Cimentada

Neste caso, fêmur e acetábulo não são cimentadas, mas colocadas através de impacção, e, prontamente, revestidos por superfícies osteoindutoras, como é o exemplo da hidroxiapatita.

3. Híbrida

Na cirurgia híbrida, um dos componentes é cimentado, geralmente, o fêmur. A artroplastia de quadril híbrida é indicada para pacientes que possuem a qualidade óssea do componente femoral ruim.

Artroplastia de Quadril de Recapeamento

A técnica de recapeamento também pode ser chamada de recobrimento ou ressurface. Nela, é realizada o recobrimento da cabeça femoral através da fresagem e retirada da cartilagem.

Quais são os cuidados necessários?

Após a realização da cirurgia, são necessários cerca de 6 meses para a total recuperação do paciente. Nesse período, é indicado:

  • Sempre se deitar com as pernas abertas e de costas para a cama, nunca de bruços ou de lado, principalmente, no primeiro mês de cirurgia;
  • Não cruzar as pernas, a fim de evitar o deslocamento da prótese;
  • Não se sentar em locais muito baixos;
  • Redobrar os cuidados ao subir ou descer degraus. Na subida, recomenda-se colocar primeiro a perna não operada, depois a operada. Já na descida, primeiro a perna operada e depois a não operada.
  • Não realizar atividades pesadas. No entanto, atividades de baixa intensidade, como a caminhada, podem ser realizadas nas primeiras semanas e as de média intensidade apenas após os 2 primeiros meses de cirurgia.

Conclusão

Esperamos que nosso conteúdo possa contribuir positivamente para a sua saúde! Para ter mais informações, continue em nosso blog e confira outros artigos.

Role para cima